A primeira vez

Natural de Aveiro, o João Henrique andou por aqui e por ali até pousar em Lisboa, onde agora vive e trabalha. Nem em Aveiro nem em Lisboa usou a bicicleta no dia-a-dia. A mota ganhou sempre esta corrida. Até agora.

Mostra no telemóvel a fotografia de um dos seus primeiros trabalhos de restauro. A bicicleta com o quadro decorado com flores que ofereceu à namorada. Agora a oficina tem um outro trabalho em marcha. O João está a restaurar a bicicleta que vai usar em Lisboa. Pressionado pela consciência e pelo preço dos combustíveis está pronto a juntar a bicicleta ao Metro quando acabar o restauro.

Ainda assim preferia uma BUGA em Lisboa.

“Em Lisboa, se funcionasse o sistema integrado de bicicletas, usava.”

Com uma história destas, nunca tinha experimentado uma BUGA até o encontrarmos em frente à famosa hamburgaria de Aveiro, a Ramona. Já as achava magníficas para alguns.

“Aveiro tem muitos estrangeiros e a BUGA é surpreendente para eles.”

Mas tinha a impressão que estavam em muito mau estado. Depois de uma volta rápida ali mesmo reconhece que a famosa bicicleta de Aveiro superou as suas expectativas. É afinal de uma bicicleta melhor do que esperava. Até para ele.

Como fã do sistema integrado de bicicletas, João só tem pena que não exista em mais cidades, acrescentando que andar com a bicicleta nos transportes públicos “não dá jeito nenhum”.